4 de julho de 2007

Recordatório

Dança Asteca

"O Criador nos recorda que as bençãos se contam pela maneira com a qual escolhemos vê-las.

Qualquer coisa que traga um sorriso a teus lábios, alegria a teu coração ou ligeireza a teu passo é uma Benção.

Qualquer coisa que faça tua vida mais cômoda, diminua o peso de tua carga ou traga calor a teu lar é uma Benção.

Qualquer coisa que apóie a teu corpo, aumente tua resistência ou abra teu coração é uma Benção.

Qualquer coisa que te faça enxergar mais profundamente, expanda tua compreensão ou aumente tua compaixão é uma Benção.

Qualquer coisa que coloque a prova tua força, fortaleça teu compromisso ou te obrigue a crescer é uma Benção.

Qualquer coisa que te recorde quão preciosa é a vida e te ensine a entesourar tuas Relações é uma Benção."

Fonte: Sétima Meditação da Décima-Segunda Lua - "Medicina de la Tierra ~ Los Caminos de Armonía de los Ancestros para Muchas Lunas" - por Jamie Sams (Tradução de Cheryl Harleston) .

A autora Jamie Sams tem 12 livros publicados: nasceu em Waco, no Texas, e desde pequena foi objeto de estudo de universidades por causa de sua paranormalidade. Cativa o público por sua sabedoria, experiência e habilidade para ensinar. No Brasil, foram lançados "As cartas do caminho sagrado", "Cartas Xamânicas - A Descoberta do Poder através da Energia dos Animais", e "Dançando o sonho", todos pela Editora Rocco.

O catolicismo tem sete sacramentos; a tradição indiana e budista crê nos sete chacras; o islamismo é fundado nos sete caminhos de fé de Hagar; e o judaísmo valoriza o sétimo dia, o sabá. Assim como as religiões mais conhecidas, as tradições espirituais seneca e cherokee dos nativos norte-americanos também são baseadas em sete fases, os sete caminhos sagrados da transformação humana. Trata-se da antiga sabedoria das Sociedades Sonhadoras Crânio de Cristal e Búfalo Branco, originárias do México e do Sul dos Estados Unidos. Estas sociedades acreditavam que os sete caminhos não poderiam ser revelados até que os nove infernos do calendário maia tivessem terminado. Segundo Jamie Sams, o último inferno terminou em 1997 e é chegada a hora de compartilhar essa sabedoria. Dançando o sonho aborda uma série de iniciações secretas da Sociedade Sonhadora dos Videntes do Sul, visando à extinção do medo da morte, da separação ou da solidão. O livro se baseia na crença de que cada ser humano tem seu próprio caminho sagrado na Terra, uma jornada individual que passa pelos altos e baixos do crescimento e do aprendizado. Esse caminho muda o tempo todo, conforme tomamos decisões e alteramos nossa visão das coisas. A percepção disso é o primeiro passo para se encontrar os sete caminhos sagrados da iniciação e da transformação humana. Segundo a autora, "ao abraçar estes caminhos, você se lembrará do propósito de sua existência, do seu papel nesta vida e de como transformar qualquer uma das partes de sua experiência que o esteja impedindo de realizar seu potencial. Os desafios encontrados durante este processo de despertar representam as suas iniciações pessoais, que assinalam os seus ritos individuais de passagem e de mudança".

Jamie Sams é também fundadora da Children of Earth Foundation.

Um comentário:

Legitimo Guerrerito disse...

Eduardo, disfruto mucho con tu blog y tiene muy buena información. Pero te recomiendo que seas cauteloso en el lugar donde las tradiciones indígenas se juntan con intereses y proyecciones occidentales. La tradición indigena americana no tenía cartas de ningún tipo. Jamie Sams ha sido acusada ser un plastic shaman y de inventarlo todo.

http://search.reviews.ebay.com/Sacred-Path-Cards_ISBN-10_0062507621_ISBN-13_9780062507624_W0QQfvcsZ1388QQsoprZ23725

No niego que las sus cartas puedan ser útiles, y es posible que hayan ayudado a mucha gente, pero es un hecho que Jaime Sams ha mentido sobre su origen.

Un articulo muy interesante, en ingles, sobre new age plastic shamans en los estados unidos

http://muse.jhu.edu/demo/american_indian_quarterly/v024/24.3aldred.html

saludos cordiales

J