22 de abril de 2010

Mãe Terra, Amor Uno

Monte Pascoal, umbigo do Brasil

Com sucesso total e uma participação massiva, desenvolveu-se o painel "Direitos da Mãe Terra", no coliseu do campus Univalle, Tiquipaya, em Cochabamba, Bolívia, no dia 21/04, durante o segundo dia da Conferência Mundial dos Povos sobre Mudanças Climáticas e os Direitos da Mãe Terra; o tema de discussão principal é a pergunta que se repete constantemente: por que somente as pessoas e empresas têm direito e a natureza não?

O painel incluiu vários oradores, entre eles o mais destacado e aplaudido foi o teólogo, filósofo, escritor, professor e ambientalista brasileiro Leonardo Boff, que inclusive falou de modificar as leis existentes que regulam os aspectos da natureza em busca de um resultado realmente palpável em relação às mudanças climáticas.

"Tudo o que existe merece viver, e todo ser vivente merece existir", disse Boff (CMPCC, 2010).

Também expôs o padre Miguel D'Escoto, que em um momento presidiu a Assembléia das Nações Unidas, acusou a organização de ser um fracasso completo por garantir apenas interesses estadunidenses e britânicos, em vez de se tornar uma organização emblemática e importante que represente os ideais de todos os países do mundo. Além disso, o nicaraguense também sugeriu a criação do Tribunal de Justiça Climática, para com isso mencionar que, pelo menos, cerca de 140 países terão que aprovar a iniciativa para produzir efeitos jurídicos a nível internacional.

Outro destaque foi o expositor Alberto Acosta Espinoza, economista e político equatoriano, que reclamou contra o comércio que ocorre em torno da natureza e disse que "devemos, assim como Jesus fez em seu tempo, expulsar com um chicote todos os comerciantes que lesam a Mãe Terra em nosso processo de mudança "(CMPCC, 2010).

Os palestrantes de língua Inglesa, Corman Cullinan ( advogado sul-africano), Maria Marge (E.U.) e Shannon Biggs (E.U.), concordaram em exigir que, se as leis não permitem que as pessoas protejam o meio ambiente, então eles devem ser modificados. "Nós não devemos ser colocados acima da natureza, mas comoparte da natureza": com esta afirmação de Biggs concluiuam-se as exposições deste painel.

Fonte: Eduardo Sejanes Cezimbra
.

One Love / People Get Ready
Bob Marley

One Love!
One Heart!
Let's get together and feel all right.
Hear the children cryin'
(One Love!);
Hear the children cryin'
(One Heart!),
Sayin': give thanks and praise
to the Lord and I will feel all right;
Sayin': let's get together
and feel all right.
Wo wo-wo wo-wo!

Let them all pass all their dirty
remarks (One Love!);
There is one question
I'd really love to ask (One Heart!):
Is there a place for the hopeless sinner,
Who has hurt all mankind just
to save his own beliefs?

One Love! What about the one heart?
One Heart!
What about?
Let's get together and feel all right
As it was in the beginning
(One Love!);
So shall it be in the end
(One Heart!),
All right!
Give thanks and praise to the Lord
and I will feel all right;
Let's get together
and feel all right.
One more thing!

Let's get together to fight
this Holy Armagiddyon (One Love!),
So when the Man comes there will be no,
no doom (One Song!).
Have pity on those whose
chances grows t'inner;
There ain't no hiding place
from the Father of Creation.

Sayin': One Love!
What about the One Heart?
(One Heart!)
What about the?
Let's get together and feel all right.
I'm pleadin' to mankind!
(One Love!);
Oh, Lord!
(One Heart)
Wo-ooh!

Give thanks and praise to the Lord and I will feel all right;
Let's get together and feel all right.
Give thanks and praise to the Lord
and I will feel all right;
Let's get together and feel all right.

comemorando aniversário, este blog continua agora em http://ecognose.blogspot.com

Um comentário:

Muskan Motwani disse...

Hi! This is my first comment here so I just wanted to give a quick shout out and say I genuinely enjoy reading your blog posts. Can you recommend any other Fashion Write For Us blogs that go over the same topics? Thanks a ton!